TESTE DRIVE. AO VOLANTE DO EMPILHADOR KBD 70 DA BAOLI, EQUIPADA COM UM MOTOR EU5: AQUI ESTÃO AS SENSAÇÕES DE QUEM O EXPERIMENTOU

O empilhador Baoli KBD 70, pertencente à classe de 5-10 toneladas, provou ser robusto, de  desempenho elevado e atento ao impacto ambiental graças à introdução do motor EU5, que cumpre as normas cada vez mais restritivos sobre emissões poluentes. Estas são efetivamente as sensações sentidas pelo gestor de produto da empresa, Giuseppe Montefusco, que teve a oportunidade de ser o primeiro a testá-lo.

“Foi definitivamente uma sensação de grande poder, máxima eficiência e conforto de condução”. Estas são as sensações no local daqueles que tiveram a oportunidade de experimentar o modelo KBD 70 pela Baoli, um fabricante de empilhadores e equipamento de armazém que opera em mais de 80 países em todo o mundo. “O novo motor Doosan D34 com 85. 8kW e 3409 cm3 de capacidade dá ao empilhador uma sensação de alta potência durante a condução, gerida de forma eficaz pela transmissão KION, que é capaz de conter a sua exuberância ao mesmo tempo que assegura uma fluidez de movimento exemplar e modular – como explicou Giuseppe Montefusco, gestor de produto da Baoli – Além disso, graças à norma EU5, que estabelece os regulamentos mais restritivos ligados às limitações de emissões, este equipamento demonstra estar atento ao impacto ambiental e está equipado com sistemas de purificação de gases de escape que reduzem significativamente a emissão de partículas poluentes”.

“Depois de o testar cuidadosamente, posso confirmar que o KBD 70 está configurado como um simples mas ao mesmo tempo eficaz empilhador, um excelente representante dos valores da marca Baoli expressos na classe de 5-10 toneladas – continua Giuseppe Montefusco – O equipamento transmite à primeira vista uma notável sensação de robustez, sendo constituído por peças inteiramente feitas de metal. Estas características são complementadas por uma eficiência perfeita e uma excelente manobrabilidade, que garantem um desempenho óptimo em qualquer eventualidade”.

“Os pontos fortes do novo KBD 70 incluem também, entre outros, uma elevação eficiente, com excelente desempenho combinado com boa precisão, bem como uma posição de condução extremamente simples mas funcional – conclui o gestor do produto. O maior conforto ao manobrar o empilhador, por outro lado, é assegurado por alavancas hidráulicas facilmente acessíveis, um banco ergonómico e uma excelente visibilidade em todas as direcções, mesmo através da coluna de elevação. Finalmente, as manobras de aproximação a baixa velocidade são facilitadas pelo pedal de inching, uma espécie de embraiagem hidráulica capaz de desacoplar progressivamente o motor da transmissão. Mesmo as partidas e as mudanças de direcão são tratadas de forma suave. Também está confirmada a possibilidade, se necessário, de selecionar uma marcha lenta através de um botão especial capaz de garantir uma elevada segurança de manuseamento em ambientes sensíveis”.